Imunoterapia no Cancro do Pulmão de Não Pequenas Células Doença Avançada: A Propósito de Dois Casos Clínicos
Immunotherapy in Advanced Non-Small Cell Lung Cancer: About Two Case Reports

Raquel Fontes
Bárbara Parente - Autor Correspondente
Maria Manuel Lopes
Carolina Monteiro

Conteúdo do Artigo Principal

Resumo

À luz dos conhecimentos atuais, o tratamento de imunoterapia no cancro do pulmão de não pequenas células doença avançada apresenta os melhores resultados nos doentes com expressão de programmed death ligand 1 (PD-L1) positiva.
Apresentamos dois casos clínicos diferentes, ambos de sucesso: o primeiro referente a um doente do sexo masculino, 91 anos, com expressão de PD-L1 de 90% e com elevada taxa de resposta ao tratamento de imunoterapia com pembrolizumab na dose de 200 mg, a cada 3 semanas; no segundo caso trata-se de uma doente do sexo feminino, de 47 anos, com expressão de PD-L1 negativa e em que a imunoterapia foi usada como segunda linha, após se verificar progressão sob tratamento com quimioterapia, tendo-se verificado também neste caso uma resposta completa com o uso de atezolizumab, na dose de 1200 mg, a cada 3 semanas.

Palavras-chave: Atezolizumab; Carcinoma Pulmonar de Células Não Pequenas; Imunoterapia; Pembrolizumab; Recetor de Morte Celular Programada 1

Detalhes do Artigo

Como Citar
Fontes, R., Parente, B., Lopes, M., & Monteiro, C. (2019). Imunoterapia no Cancro do Pulmão de Não Pequenas Células Doença Avançada: A Propósito de Dois Casos Clínicos. Gazeta Médica, 6(1). https://doi.org/10.29315/gm.v6i1.236
Secção
CASOS CLÍNICOS