Ainda Existe Espaço para o Tratamento Conservador nas Fraturas Complexas da Diáfise do Úmero?
Still Exists Space for Conservative Treatment in Complex Fracture of Humeral Shaft?

Carlos Durão - Autor Correspondente
Jorge Ramos

Conteúdo do Artigo Principal

Resumo

As fraturas da diáfise do úmero representam cerca de 1 a 3% de todas as fraturas, e cerca de 20% das fraturas umerais. A maioria das fraturas da diáfise do úmero, nomeadamente as oblíquas longas e as cominutivas, pode ser tratada conservadoramente, porém a tendência atual vai no sentido do tratamento cirúrgico, mesmo nas fraturas que se obtinham bons resultados com o tratamento não cirúrgico. O presente trabalho descreve o bom resultado diante de um tratamento conservador numa fratura diafisária complexa do úmero, demonstrando ainda existir espaço para o tratamento não cirúrgico, e discute a importância da relação médico-doente diante diversas opções terapêuticas.

Palavras-chave: Fixação de Fratura; Fraturas do Úmero

Detalhes do Artigo

Como Citar
Durão, C., & Ramos, J. (2017). Ainda Existe Espaço para o Tratamento Conservador nas Fraturas Complexas da Diáfise do Úmero?. Gazeta Médica, 4(1). https://doi.org/10.29315/gm.v4i1.37
Secção
CASOS CLÍNICOS