Transmissão da Infeção HSV-1 da Criança para a Mãe Durante a Amamentação: Um Caso de Gengivostomatite Herpética
Transmission of HSV-1 Infection from the Child to the Mother While Breastfeeding: A Case of Herpetic Gingivostomatitis

Filipa Ribeiro Verdasca - Autor Correspondente

Conteúdo do Artigo Principal

Resumo

A gengivostomatite herpética representa o quadro clínico mais frequente na primo-infeção pelo vírus herpes simplex 1, e afeta predominantemente crianças com idade entre 6 meses e 5 anos, e adultos jovens. A infeção transmite-se através de gotículas de saliva ou pelo contacto mucocutâneo direto com um indivíduo infetado.
O aleitamento materno, apesar de conferir proteção à criança, pode ser uma fonte de infeção. No entanto, são raros os casos na literatura em que é descrita a transmissão do vírus herpes simplex da criança para a mãe, durante a amamentação.
O presente caso refere-se a uma criança com 14 meses, internada por recusa alimentar, causada por gengivostomatite herpética. No quarto dia de internamento, a mãe tinha desenvolvido lesões herpéticas nos mamilos.
O objetivo é alertar para a transmissão deste vírus da criança infetada para a mãe, durante a amamentação.

Palavras-chave: Aleitamento Materno; Estomatite Herpética; Herpes Simples/transmissão; Herpesvírus Humano 1; Mamilos

Detalhes do Artigo

Como Citar
Verdasca, F. (2018). Transmissão da Infeção HSV-1 da Criança para a Mãe Durante a Amamentação: Um Caso de Gengivostomatite Herpética. Gazeta Médica, 5(1), 71-75. https://doi.org/10.29315/gm.v5i1.145
Secção
CASOS CLÍNICOS